Jon Gorospe

(1986, Vitoria Espanha)

 

Estudou na Escola de Arte ID·Arte da Universidade Superior de Desenho de Euskadi (Espanha) e na Universidade de Artes de Vilnnius (Lituânia).

Como grande parte da nova abordagem europeia à fotografia, o seu trabalho tem vindo a ser reconhecido por várias instituições públicas e privadas, como o Solomon R. Guggenheim (USA), a Fundação Sasakawa (Japão & Escandinávia) e o Futures Photography (European Creative Program).

Gorospe expôs em diversos países como Espanha, Portugal, Itália, França, Alemanha, UK, Eslováquia, Noruega, Rússia e Singapura. Entre os quais, participou em exposições colectivas e individuais em Instituições de Arte de referência como el Cent-Quatre de Paris, Museu Mattatoio de Roma, Museu Nogueira da Silva em Portugal, Circulo de Belas Artes de Madrid ou o Kunstnernes Hus de Oslo.

Parte do seu trabalho mais relevante, centra-se no estudo e abordagem à paisagem antropizada. Desenvolveu várias series sobre este tema como Polished Cities (2018, em processo), Noraezean (2020), Metrópolis (2018-2019) ou Environments (2014-2016).

Nos últimos anos, começou a realizar várias obras de instalação pública, como a sua última intervenção encomendada pela Câmara Municipal de Asker (Noruega) “The Many Skies”.

Gorospe combina o seu trabalho como artista com o estudo e a compreensão da imagem desde o ponto de vista teórico, onde desenvolve como curador vários projectos artístico e de direcção de festivais de fotografia.

Vive e trabalha entre Espanha e Noruega.

NAVE © 2021